sábado, 21 de março de 2009

bate o pé

103 comentários:

ze disse...

só porque quero musica
neste blogue


(e ainda não sei fazê-lo doutra forma)
melhores dias virão

Arabica disse...

Fazendo copy/paste do experimental para aqui (mais coisa menos coisa):


Escolhe a música que pretendes num site como o Imeem, fazendo a busca por música ou por artista. Se não encontrares o pretendido, paciência, porque este exemplo é mesmo para o Imeem...

Neste endereço:

http://www.imeem.com/


Vou exemplificar com "Morning has broken". Escreve o título da música e carrega em Search.
Aparecem várias versões da música. Desce até ao fundo da primeira página de resultados, caso não encontres nesta a versão que pretende. À direita, clica no número da página seguinte. Vai procurando, até encontrares o que queres. Neste caso, tive que ir até à página 2, e lá estava!


A música agrada-te? Então esquece o rectângulo ao meio, em baixo, "Embed this one", que ocasiona erros, por exemplo no Blogger. Conforme a sua escolha, repare no rectângulo em baixo, à esquerda (Embed) e no quadradinho Auto play. Assinala o Auto play (a música começará automaticamente quando abrir o seu blog ou... não!

A seguir, clique uma só vez no campo à direita de "Embed" e faça CTRL+C ou use o menu do botão direito do rato e faça COPY.

Depois clique no simbolo de Blogger, dê as indicações do seu endereço e quando o widget for adicionado à sua página, escolha "Editar". Quando o widget abrir, apague o conteúde e cole o "embed" anteriormente copiado.

Confirme que o quer pubicar e salve as alterações no esquema, antes de verificar o blog.

Ze, alternando no você e no tu, prova das partes de copianço descarado, aqui fica o folheto indicativo.

E que nos dês música, rápido.

Já agora, podes passar pelo blog do Alien, que além de ser uma boa alma pronta a ajudar, também torce pelo Académica. :))


Beijos

Arabica disse...

E se houver algum erro, foi porque eu retirei alguma parte importante!

ze disse...

Obrigado Arábica,
já me ajudas-te uma vez antes e eu NUNCA me esqueço do que é importante

amanhã ou depois trato disso,
hoje,
já,
ainda quero pôr mais musica
que vai ter que ser por youtube

ze disse...

Arábica,

a propósito de adeptos da Académica,

pondo de parte o meu pai porque me interessa pôr e porque foi ele que me iniciou nessa paixão sem retorno, amor não correspondido,

nunca conheci adepto capaz de sofrer um décimo do que eu sofro,
nem um centésimo do que eu comemoro!

mas..,continuo a procurar essa alma gêmea,
talvez em Goa!

mas continuo céptico porque já vivi!

ze disse...

quem me conhece perceberá,
sem no entanto o entender

os meus amigos da Terceira,
o sr. João do café Lilás (Angrense)
o Florencio do Farragó (Lusitânia)
a Luísa (dos seus filhos),

eles sabem como eu sofro e mais ainda como eu comemoro!

Carla P.S. disse...

Mistura de Kurt Cobain com capa da G Magazine?
Engraçadinho, vá...
Um café com um coelhinho de chocolate. =)

ze disse...

Carla,

não conheces a personagem!
O Iggy Pop tem uma relação com a vida e a musica ao contrário do Cobain.

Ele é energia pura, independentemente da idade.

Apesar dos músculos, é tão feio que parece uma caricatura, impossível aparecer na G Magazine.

obrigado pela visita,
um cafezinho de domingo pra você

rosa disse...

lá está... para mim, um feio muito bonito.

uma das músicas que mais gosto dele é a china girl. excelente versão.

quanto a por música nos blogs, o imeem, é uma ferramenta muito útil, com a ... falha de senão encontrares a música que queres, não te permite adiciona-la.

para isso, tens que encontrar um site de uploads e depois converter para um player.

é do catano!

tens o FileDen e o myflashfetish. respectivamente.

num outro post qq, queixas-te de não poderes corrigir os comentários. e aqui vai uma correcção, pq eu adoro os programas da bbc, seja vida selvagem ou outros. o teste foi feito com t-shirts, e não com cuecas. ó zé.... tás a ver a coisa com uma data de fulanos e fulanas a cheirar cuecas?!?!?!? lol

p.s. tenho uma costela açoreana. muitissimas saudades.

p.s.2- a diversidade e possibilidade de encontrar situações inesperadas ou inóspitas é uma das caracteristicas da natureza selvagem. rosas de loja não cheiram nem têm a mesma beleza.

bom lusco-fusco.

Arabica disse...

Rosa, o rapaz quis causar furor com as cuecas e acabaste de estragar o espectáculo surreal :)

ze disse...

She says:
shshhhhhhhhhhhh

pois,
tenho vontade de escrever sobre vários desses assuntos e no entanto, e como
sabes, a minha capacidade de síntese é reduzida.

mais lá pró lusco-fusco,
prolongo-me

;)

Arabica disse...

Mas que olhos tão bonitos! :)

ze disse...

Rosa,

Sobre os “feios bonitos ou quase bonitos”, não faço parte dos homens que têm a mania de que sabem perceber (sem apreciar) a beleza dos outros.
Penso até que felizmente para os homens, essa avaliação feita pelas mulheres é quase sempre pouco consensual, e mesmo quando o é acaba por ser mais rapidamente relativizada após as primeiras impressões.
A avaliação dos homens face às mulheres é bem mais rígida, assumidamente discriminatória das feias.
Quer as conheçam à pouco ou à muito tempo, são sempre feias. Condenação vitalicia!

Mas não me centrando na beleza dos homens, não quer dizer que não lhes avalie a imagem.
Num certo aspecto, de uma maneira semelhante ao que as mulheres o fazem entre si.
Num sentido de admiração, de referencia e até de imitação (consciente ou não).
Como tal,
Acho que o Turtturo, que me lembro sobretudo do “Barton Fink”tem uma pinta desgraçada e o Iggy Pop que me lembro do concerto que vi no Porto (à uns 15 anos?), também. Nunca vi nem voltei a ver nada daquilo. Eu sei que tomar umas drogas faz parte do “show business”, mas mesmo que seja, é absolutamente impressionante.
Ao boneco do video só faltam aquelas veias que parece que vão explodir a qualquer momento

ze disse...

Claro que às vezes convém ter uma certa noção da beleza dos outros homens.
Eu avalio isso topando para quais elas olham mais e de que forma.
E é terrível.
Se eu for numa rua lado a lado com um amigo, elas olham sempre para o mesmo.
Não é que seja sempre ou nunca eu, depende do amigo e do dia também.
De qualquer forma, preferia que fosse mais metade, metade.
Usando a tua hipótese de todas terem visto o tal gesto do Turtturo e por isso ficarem (todas) apaixonadas por ele, o que eu penso é que se isso me acontecesse ficaria com um trauma semelhante ao caso oposto- de nenhuma nunca se apaixonar por mim.
Os extremos tocam-se.
Tanto num caso como no outro, a reacção natural seria isolar-me do mundo ou usar burka.

ze disse...

O Bowie foi dos meus primeiros ídolos.
Quando estava numa discoteca pouco conhecida e descontente com a música que estava a ouvir, usava recorrentemente o mesmo truque de dizer ao “disk jockey” que fazia anos (ou um amigo meu) e que por isso bem que podia escolher uma musica, quase sempre o “china girl”.
Ainda hoje o faço, mas pega pouco, acho que agora é mais um certo tipo de humor (algo british) de gozar comigo mesmo.
Mas como li algures à pouco tempo, parece que somos um país pequeno demais para podermos gozar com os outros.
É socialmente mal aceite. :)
(em relação a isto prefiro rir que chorar, mas teria mais razão para chorar)

ze disse...

Em relação às cuecas eu lembrava-me deles a cheirar cuecas num ambiente de laboratório todo lavadinho e de batas brancas.
Será que misturei imagens de um anuncio publicitário a um detergente para à roupa?

Mas tens razão, claro.
Agora recordo-me das t-shirts.
Mas vejamos pelo lado bom- sou exagerado mas não sou mentiroso.
A minha memória é que exagerou não fui eu!
Já aconteceu também no meme que eu dizia que tinha ardido metade da sala.
Mas a recordação do incêndio deve ter sido marcada pelo alarido que os adultos deram ao acontecimento.
Senti-me durante anos meio-anormal por causa de coisas destas e agora pergunto à minha mãe se ardeu muito e ela diz-me que não.
Eu respondia-lhe se pudesse que agora é tarde!
(não posso que ela é velhinha e muito sensível)
Digamos que exagero porque sou e não porque queira ser.
No caso das cuecas devo ter construído essa memória por o olfacto ser o meu sentido menos apurado!

ze disse...

Em relação a pôr música já tentei, falhei e desisti para aí umas três vezes,
Como tal guardo a próxima tentativa para quando estiver cheio de paciência, confiança e tempo.
Nessa altura, vou usar de todas as palavras que vocês as duas escreveram.
Até lá nem as leio.
Obrigado e desculpa ou vice-versa.

ze disse...

Desculpa as suposições, mas eu já li algures teres-te referido à tal “costela açoreana”,
Que eu entendi por teres um pai ou mãe, um avô ou avó, e mais umas recordações de férias bem passadas.
Posso me ter enganado, mas não entendi como teres lá vivido um Inverno (sem viagem a Lisboa).

Não me apetece estar-me a alongar muito sobre esse assunto, só porque ia ficar com a sensação de que não disse nem metade, independentemente do que escrevesse.
Talvez noutro dia, com mais tempo.
Mas já vivi dez anos no Porto e nunca me senti tripeiro, mais sete em Guimarães e nunca me senti vimarenense e vivi menos de três anos na Terceira e senti-me logo e sempre terceirense.
E sei porquê.
Não sou de todo camaleônico (como o Bowie, nesse aspecto sou como o Iggy).

Sim, Rosa de certeza que não és flôr de loja.
Há coisas (não tudo) que se percebe lendo o que os outros escrevem (e não escrevem).

Bons sonhos (não em demasia)
(o não em demasia refere-se ao tempo de sonho face ao sono de descanso e não à sua bondade)

Hoje, sou eu que já esto cansado..

ze disse...

Arábica,

Não estragou nada o “espectáculo surreal”,
Corrigiu
O que é muito saudável
Embora muitas vezes mal considerado
Talvez pelo enorme número de inseguranças escondidas que por aí andam

Complexos de inferioridade, mascarados de superioridade
Entendes?
Cheios de medo que se lhes descubram, mesmo que por engano, as suas temidas inseguranças, tão bem camufladas!
Já me queimei muito só por dizer qualquer coisa ingenuamente, entendido por correcção, desvalorizar do saber ou do ser do outro.
As minhas dificuldades sociais andam muito à volta de situações assim.

(este retracto de menino, com os primeiros pêlos de barba a nascerem-lhe no queixo, ilustra bem este comentário em particular) :)

ze disse...

Até acho o desenho engraçado.
Mas desde que fiz o perfil- blogguer já é a quinta fotografia.
Ainda não me fixei e também não me parece que vá ser desta.
Hoje comecei a digitalizar alguns desenhos e pus este para pontuar o acontecimento.
São retractos de pessoas de família, principalmente da minha avó que já morreu.

Este é (que me lembre) o meu primeiro auto-retracto.
Neste verão de 1980, o meu pai tinha ido para Londres na tentativa de se curar de uma doença que na altura era quase sempre fatal.
Como foi.
A minha mãe e os meus irmão mais velhos também foram e fiquei sozinho com a minha outra irmã (que tinha 14) e essa minha avó a tomar conta de nós.
Ela era obsessivamente disciplinada e impôs um espécie de lei marcial cá em casa.
Regras e horas para tudo.
Ás três da tarde era hora de eu lhe fazer o retracto.
Quando estava zangada eu desenhava-a feia, mas ela deve ter percebido isso porque há alguns em que ela está (mais) bonita!
Hoje estive a ver os desenhos e há alguns bem engraçados.
Talvez porque era obrigação, acabada a lei marcial, não continuei a desenhar.
Tenho alguns de 83, mas nem me lembro de os desenhar nem porquê.
Só voltei a desenhar depois de entrar para a Faculdade.

Com excepção das margens todas dos cadernos de apontamentos da escola ao liceu.
Mas era um método de me concentrar melhor no que estava a ouvir.
Ainda hoje o faço.
Evita distrações visuais, olhos e lápis sempre próximos do que devo apontar.

ze disse...

Só mais uma coisa,

Daquela mini- crise que me ajudas-te a resolver,
Rematada com a sugestão de retirar a foto de wc e de acrescentar uma com mar,
Nasceu também em mim uma reflexão sobre as razões de (nascer e ) permanecer activo o blogue.

Achei que deveria continuar a usá-lo para sociabilizar.
Sim é difícil, limitado e limitador mas também pode ser compensador.
Cabe-me também a mim fazer por isso.
Perceber a forma equilibrada e adequada de o fazer.

Achei também que devia tentar que ele me ajudasse (psicologicamente) a atingir o espirito que necessito para executar bem as minhas tarefas prementes, que são (entre outras) fazer o meu curriculum e pequeno portfolio.
E isso necessita em mim uma mudança de atitude em relação a mim.
Perder vergonha de me expor, manter segurança no que fiz.
Desta vez tenho de ser eu a concorrer sozinho, não o posso fazer protegido de protagonismo através de um grupo de outros nomes, como tanto gosto.
Nesse aspecto faz sentido afixar o meu nome aqui (como o faço) ou mesmo a minha fotografia mesmo que possa “parecer” gosto pela “pose”.
Enquanto fôr só parecer e não ser, não me importo.


Uma boa noite se me leres hoje
Um bom dia se me leres amanhã

Arabica disse...

Zé,


o meu comentário para a Rosa, era mais uma forma de te provocar :)
-Pois não foi propositadamente que trouxeste aquela imagem de narizes a cheirar cuecas alheias? Não te creio capaz de um erro desses.
Mas acredito-te capaz destas pequenas "pérolas" de humor.

O retrato está engraçado, embora não saiba se foste fiel ao espelho.

E o que tinhas no meio do nariz? Marca de óculos? Borbulhas da puberdade?

Também gosto de desenhar bonecas. A neta adora. Mal eu lá chego, põe-me meia resma de papel ao lado e destina-me as tarefas dos próximos dias: boneca patinadora, boneca beilarina e todas as outras que possas imaginar.

E tinha o vicio dos arabescos...mesmo ainda quando trabalhava e enquanto ouvia os clientes pelo telefone. Era uma forma de me concentrar no que diziam, enquanto antevia soluções.



Deixa o blog ir tomando os diversos formatos que o tempo e a imaginação te trouxerem...

Deixa-o fluir...

E como dizias tu?

Uma boa noite se me leres hoje
Um bom dia se me leres amanhã.

O mesmo te digo eu.

ze disse...

Arábica,

No nariz são sardas ou acumulação de sardas, no desenho com o contraste demasiado marcado, mas não sei exactamente a razão.
Neste tipo de representação, as zonas carregadas deveriam ser sombra ou cor mais escura, mas também como pode ser neste caso, produto de excesso de tinta apenas por dificuldade em acertar com a representação pretendida.
Não acho que a função do desenho seja competir com o realismo da fotografia, talvez tenha fixado mais aquele sub-desenho como geralmente fazem ao desenhar a careca do Gorbachev .
Óculos nunca usei (nem de sol) e borbulhas apareceram mais tarde e noutros sítios.

Gostava de um dia ver no teu blogue uns desenhos, alternando com as fotografias e os textos.
É uma forma de expressão cheia de potencialidades.

Arabica disse...

Zé,

ainda bem que não passavam de sardas. As outras duas hipóteses acarretariam outras chatices (na adolescência tudo é problemático?).

Há cerca de um ano atrás encontrei alguns desses meus arabescos. Dos mais antigos. Já não me lembro (de novo) onde os guardei, mas andam por aqui perto. Eram curiosos. Uma das minhas filhas ficou há mts anos com um dossier que eu tinha forrado todo ele a "arabescos". Não tenho scanner, para os trazer para aqui. Quanto a rostos, nunca consegui desenhar um rosto de homem a que pudesse dar o nome de másculo. Todos os rostos têm expressões femininas. E se ouso pôr um bigode parece uma mulher mascarada de homem :))

Sou limitada nos desenhos, por isso não se perde grande potencialidade :))

ze disse...

Tudo depende da importância que os tais desenhos têm para ti.
Tal como fotografias em papel.
As que mais “me dizem” são em papel e agora que tenho scanner em casa pretendo digitalizar e arquivar “as” seleccionadas no meu pc.
Não faltam razões para isso, a facto de (momento) ter um blogue é perfeitamente acessório!
Tenho que me despachar porque há serviços que fecham às 18h e quero tratarpelo telefone de um assunto ainda hoje.
Mas mesmo assim vou tentar contar uma história:
Quando fui para os Açores tive que fazer uma mala muito condicionada pelos factores peso e volume.
Essa selecção foi dolorosa, andei uma noite a fazer, pesar e desfazer malas.
No fim, percebi realmente como nunca antes, quais eram os livros que eu não queria perder, quais eram os discos que eu não podia deixar para trás, qual era a roupa que eu não estava disposto a substituir.
Percebi em poucas horas muito de mim, que de outra forma seria muito difícil.
No caso dos discos fui burro, porque podia-os ter gravado no computador portátil, o que aliás fiz na visita seguinte.
Mesmo assim levei uns cinquenta.
Recentemente (duas semanas) quando voltei a tê-los comigo, guardei-os à parte para não me esquecer quais são.

ze disse...

Bem,
Não é preciso teres scanner, basta juntar tudo o que aches importante numa pasta, como se faz com os documentos importantes, e da próxima vez que fores a casa de um amigo ou de uma amiga que tenha um, tratas do assunto e trazer para casa tudo num cd ou numa pen-drive.
São equipamentos cada vez mais baratos e comuns nas residências, geralmente associando as funções de fotocopiadora e fax.
Poupa-se espaço físico (na casa onde vivo agora isso tem sido um problema), são facilmente reprodutíveis na impressora e ainda são cópias de segurança dos originais.
Só vantagens!

Quando aos desenhos e aos retratos até gostava de te dizer algumas coisas, o que provavelmente farei lá mais para o fim do dia.

Aníbal Raposo disse...

Olá,
Passei e gostei.
Abraço ilhéu.

Arabica disse...

Bom dia Zé,


tenho apenas 3 ou 4 folhas de bloco, todas seguramente com mais de trinta anos. Gosto deles assim: em papel fino e marcado pelo traço e pela força do riso, guardados, amarelados, quase escondidos e prontos a surpreender-me quando por acaso os encontrar: olha os meus arabescos! :)

Mas confesso que se eu desenhasse, (por exemplo) como a Zuli do blog
http://cafe-com-leitmotiv.blogspot.com/ (está na minha lista de blogs) com certeza que os publicaria em post! :)

Deixo-te votos de um dia bem preenchido.

Até logo.

ze disse...

Olá Aníbal,

Obrigado pela visita e pelo abraço ilhéu,
Que retribuo com nostalgia e saudade das ilhas de bruma.

Nunca fui a São Miguel mas tal como a Santa Maria, Graciosa, Flores e Corvo,
Pretendo ir logo que possa,
Não será nunca para adiar mais do que um ano.
Talvez já este Verão sob o pretexto da Festa do Emigrante ou das Marés de Agosto.

Vivi na Terceira e sei como (estupidamente) viram costas à ilha maior ( o que aliás é recíproco).
A grande dificuldade dos Açores é precisamente a dispersão geográfica e a ineficácia da gestão das pontes de comunicação entre ilhas.
Que se vai diluindo com a substituição das tradicionais migrações para a América por um acentuar da procura pela grande cidade, seja ela Lisboa ou Ponta Delgada.
Desertificando as mais pequenas e as freguesias de actividades, população e talentos.
Custa-me ver acontecer essa sangria a favor de uma modernidade algo vazia e de um crescimento artificial de Ponta Delgada, a uma velocidade análoga ao que aconteceu em Portugal continental a partir dos anos setenta.

Entretanto,
Considero que em Portugal, são essas ilhas um ultimo bastião (a conservar!) de riqueza e diversidade cultural.
Onde mais músicos e poetas há, por metro quadrado.
Não me espanta por isso assim tanto encontrar um músico-poeta, pois há por aí tantos!

Na Terceira conheci uma cantora (Susana Coelho) e um poeta declamador (Hernani Candeias), que me presentearam com CDs de uma parte da sua obra, e que eu gostaria de divulgar e partilhar neste blogue.
Gostava também que ouvisses.
Tenho só que aprender a dominar as técnicas de o fazer, mas será seguramente em breve.

outro Abraço

ze disse...

Arábica,

De certo não me leste com atenção, pois eu referia-me às vantagens da utilização do scanner, não especificamente a desenhos, mas antes, genericamente a qualquer registo bidimensional.
Não dá para digitalizar as chaves de casa ou o comando da televisão. (Ainda)

Auxiliar de arrumação, de gestão de espaço físico.
Eu que nestes dias tenho que necessariamente deitar muita papelada para o lixo, vou digitalizar alguns apontamentos (escritos) como forma intermédia entre os guardar e os perder.

Quanto ao desenho e aproveitando por exemplo o blogue que me indicaste,
Acho que é alguém que domina uma forma de comunicação, a um nível que toda a gente devia dominar para comunicar consigo e com os outros.
Toda a gente devia saber andar, toda a gente devia saber nadar, toda a gente devia saber escrever, toda a gente devia saber fazer contas de dividir e equações do segundo grau.
Está ao alcance de todos, numa sociedade minimamente organizada.
O senso comum concorda,
Mas já não concorda que toda a gente devia saber tocar musica ou desenhar.
São linguagens que todos deviam dominar como escolaridade básica.

Mas quando vejo os resultados da nossa Educação, perco todo o meu habitual optimismo no futuro.
Só é levado a sério a parte burocrática, a quantificação, a estatística e o parecer.
Já se é ou não é, se sabe ou não sabe, é perfeitamente acessório.

Este país não tem futuro melhor que o passado.
resino-me a isso. hoje.

Um bom dia

C. disse...

esse ´cantor` é um charmiiii

C. disse...

manda um e-mail pra mim (o end está no meu cafofo) pq quero dizer uma coisa... hoho

Arabica disse...

Zé, li-te com toda a atenção que tu e o scaner me merecem. Sei das funcionalidades do mesmo, mas há coisas que só t~em valor se preservadas na sua natureza original. Estive vinte anos sem ler os meus poemas, trinta sem ver os arabescos e nunca stressei, hão-de aparecer e eu gosto assim. Há zonas do meu ser e características minhas que nem sempre são visiveis numa primeira abordagem e nem por isso deixam de ser minhas. É como os m/desenhos e os meus poemas.

Quanto aos m/cadernos de guerra (plágio puro a Jean Paul Sartre)sei perfeitamente onde se encontram. Nunca os releio. Nunca.
Não preciso. Mas guardo-os.

Se eu quisesse mesmo tê-los no pc, já os teria :)

Também te li com atenção na escolha dos haveres, livros, cds, roupas. Se nada te disse sobre o assunto, não foi por falta de atenção. Pode ter sido, porque não queria aqui estar a escrever e a fumar (escrever-fumar-escrever). Porque gosto de respeitar o meu (porque é meu) limite de 20 cigarros. Mas nunca por falta de atenção. Também pode ter sido por falta de tempo. A correr para a construção, algures a cachaça debaixo do braço e quem diz cachaça diz sopa e quem diz sopa diz outra coisa qualquer.


Gostei aliás, muito, desse teu comentário. O que nos é essencial e o que nos é superfulo. As escolhas. Claro que também já escolhi. Percebo perfeitamente o que sentiste. Consigo sentir empatia pelo que descreves, por isso mesmo.


Quanto à educação no nosso país, concordo contigo.

Contudo à margem da "empresa educação", há mais escolas de música no nosso país que outrora.

Tenho uma amiga que por exemplo, tem os dois filhos em escolas de música. Tenho outra, cujos filhos fizeram o curso de música do Hot Club. Há cursos de escrita criativa abertos a inúmeras pessoas, que na sua juventude não o puderam fazer.

Portanto a "empresa" educação carece de inúmeras reformas, mas a educação (neste caso musical e a escrita) acontece de forma marginal-à parte-, em simultâneo com os estudos públicos e porque cada vez mais pais e filhos valorizam e sentem a necessidade do hemisfério direito.

Algures entre passado e futuro houve um rasgo.


Pode o futuro não ser melhor.

Mas decerto, vai ser muito diferente do passado que me recordo.


E hoje já vou em 17 cigarros :)

Fico-me por aqui.

Gosto de acordar, beber um café e fumar um cigarro.

Por muito mal que faça.

E viva a música! (ambas)

ze disse...

Cris,

“A palavra "cafofo" está dicionarizada no Brasil como terreno pantanoso, com exalações peculiares às águas apodrecidas, ou ainda como sentina, fossa!”

Fossa!?
Eu entendi e vou acompanhar com a mesma curiosidade que fazia com o defunto “Eu..”
Se nem sempre comento é porque sou mesmo assim.

Se o cantor é charmoso, suponho que sim. Ele é sobretudo alguém que eu admiro muito, por muitas e variadas razões.
Quanto à escolha da primeira música a tocar na minha primeira página web, é uma tentativa de inspiração.
Penso que ainda continua a ser a letra de musica que eu mais gosto de ouvir.
Como se não conseguisse deixar de me surpreender com a estrofe seguinte, mesmo que já a tenha ouvido cem vezes de seguida. Não tem jeito de não acontecer.
Hipnotiza.

Obrigado, beijos e volte sempre

ze disse...

Arábica,

Pronto, pronto,..
Ontem já acordei mal disposto vá-se lá saber porquê, talvez tenha tido sonhos maus, sei lá.
Mas mesmo assim percebo porque te respondi reforçando que antes me havia referido a digitalizar papeladas importantes (que não se queiram perder) e não como incentivo a desenhares e muito menos a partilhá-los num blogue. Tu é que o deverás saber. E sabes.
Ponto final.

Aliás a relação que tu tens com os teus cadernos não será muito diferente da que sempre tive com as minhas "coisas". De gostar de me deter numa carta, num postal, num desenho, no que quer que seja, que e porque não foi deitado fora e voltou ás minhas mãos por um acaso e cheio de pó. Na condição de já ter passado tempo (psicológico) suficiente sobre os acontecimentos marcantes que contextualizaram aquela época, aquele tempo.

Mas mudei. À uns dias.
Talvez por muitas razões entre elas estará de certo a minha dificuldade actual e circunstancial de ter de arrumar tudo, arranjar espaço e organizar de forma a não voltar a não saber onde está aquilo que preciso.
O tempo urge.
A organização também.
Fases...

ze disse...

Gostaria também de te dizer que os descendentes do Sartre já recebem direitos de autor mais do que suficientes.
Aliás de certo que ele também plagiou outro, que por sua vez plagiou outro e outro e outro e outro...
Desde que tenha reutilizado uma expressão num novo contexto, como tu e ele o fizeram, não sei sequer se a palavra “plágio” poderá estar a ser correctamente utilizada.
Numa época em que se compram e plagiam teses de doutoramento inteiras, fazendo uso dos softwares de tradução do hindu e do mandarim.
Grãos de areia, insignificantes e perdidos no areal de um deserto sem limites.
Entende esta transmissão de despreocupação relativamente a esse assunto, também como uma forma de eu próprio me despreocupar com ela.

Nenhum de nós pretende publicar um livro, certo?
Como tal...

ze disse...

Também concordo com tudo que disseste, com essas (novas?!) possibilidades de aprender.
Nunca te esqueças que o país não se resume a Lisboa, a Porto e a umas belíssimas paisagens bucólicas e etnográficas.
E também que se essas “novas oportunidades” proliferam é porque a procura de nichos e novas plataformas de negócio é das condições sociais e humanas, aquela que provavelmente mais dotada é de criatividade e perspicácia.

E muito mais “coisas” relacionadas com a actual gestão do tempo é dinheiro,
Educação é dinheiro futuro.
Dinheiro!
Se os hospitais funcionassem melhor o que seria da economia, meu deus!
(não é para entender...é post futuro)

Se um pai (terceira pessoa, não sou eu), quiser seriamente que um filho tenha acesso a uma componente física da sua educação tem que o “levar” algures para delegar isso a um clube, porque se ele aprende rápido a manusear as ferramentas da informática, aprende lento a orientar-se numa cidade.
Bem, pode sempre ir de taxi.
-Onde é esse sítio?
-Sei lá, eu digo nome ao taxista e custa cinco euros a cada.
Pais em segurança com a segurança dos filhos.
E o trabalho deles rende mais (à hora), portanto compensa os cinco euros.
E bem têm eles que trabalhar porque o ensino com mínimo de exigência, custa muito dinheiro.
Três filhos?
(vou ficar por aqui, porque esta conversa (monólogo) não tem fim à vista)

ze disse...

Discordo,
O que a “empresa” educação carece é que se ultrapasse a esquizofrenia da mudança, da reforma, da legislação e do mostrar serviço.
Voltamos (volto) sempre ao ser e ao parecer.
Essa á a ÚNICA mudança que a organização social precisa.
Inverter o ser com o parecer e aposto que tudo ficaria por milagre muito mais próximo do perfeito. “make it simple”; hierarquizem as leis- olhem para os americanos pelo lado que devem e não pelo que não devem. Invertam também isso.

Um professor da faculdade ensinou-me que “tão ou mais importante do que o que se faz é o que não se faz”.

ze disse...

errata:

“tão ou mais importante do que o que se deve fazer é o que não se deve fazer”

Arabica disse...

Zé, começo a comentar pelo fim.


Conheci um médico que me disse há muitos anos : infelizmente aprendi muito através dos erros dos outros (julgo que o infelizmente estava associado aos doentes dos outros).

Era um homem extremamente humano e relativamente novo(ainda não teria 40). Cada consulta sua demorava mais de uma hora. Analisava com todo o rigor todas as vertentes de dor do paciente.

Hoje, passados 30 anos é uma referência. É muito dificil arranjar uma consulta para ele.

“tão ou mais importante do que o que se deve fazer é o que não se deve fazer”

Arabica disse...

Sabes, eu não concordo com a ideia "empresa educação".

E não posso concordar com o mundo de burocracias que hoje se exigem de um professor. Professor para mim tem que ter o potencial de Mestre. Tem que inspirar. Tem que acordar.

Depois, olho o outro lado da moeda: os pais querem que os filhos tirem boas notas. Exigem boas médias. Põem em causa o professor quando os filhos não conseguem o brilhantismo de que ouvem falar nos filhos dos outros.
Os pais querem que os filhos sejam os melhores. O mundo não dá oportunidades aos piores.

A "empresa educação" nasce da necessidade de termos em casa pequenos génios, não só capazes de fazer frente ao desemprego, mas de serem importantes na construção de uma boa vida ( nem vale a pena falarmos de valores e ideais, pois não?)

As normas da "empresa educação" só poderão ser postas em causa, quando toda a sociedade puser em causa, tudo o resto...

desta vez, não sei se me fiz entender.

ze disse...

:)

ora,
é tão óbvio que parece escusado ou pobre dizê-lo.
mas eu, pelo contrário, acho que é precisamente o óbvio que deve ser repetido. Para não se esquecer, nunca.

E acho que também percebes a pressão que as sociedades (actuais) exercem.
As pessoas têm que parecer dinâmicas e originais (inovadoras).
Tendo por resultado, na maior parte das vezes, a mudança sim mas para pior.
Não se deve trabalhar mais, deve-se trabalhar cirurgicamente no que é preciso fazer, nem que seja preciso pensar antes um bocadinho (mas isso pode ser considerado ócio, não é ?).
Farto de baratas tontas!

uma boa tarde para ti

ps- a musica fantasma de ontem à noite estava a tocar noutro site que eu tinha aberto. era uma playlist.
E eu estava tão obstinado em fazer uma coisa que não estava a conseguir, que nem me apercebi disso até começar a fechar as muitas janelas abertas.
No próximo comentário explico e peço ajuda a quem o quiser e puder fazer.

Arabica disse...

Organizar.


Eu antes de deitar "mãos ao trabalho" de arrumar, organizar, perco (ganho?) muitos dias imaginando, visualizando os sítios.

Também porque o factor tempo está do meu lado. Mesmo assim, por vezes, por erro de cálculo, mudo tudo, depois. Actualmente, tenho 6 a 8 caixas de sapatos, cheias de reliquias da vida inteira. Só não sei em qual delas guardei os meus 16 anos :))

Quanto aos últimos anos, tive uma ideia luminosa, perante os albuns de fotografia que ainda tinha intactos (entretanto surgiu o digital): bilhetes de espectaculos, cinema, concertos, postais e folhetos dos sitios por onde vou passando, vou agrafando nos albuns.

As últimas bonecas e desenhos da neta também :))

Ali fica sossegadamente registado o meu percurso. Sem risco de perder o fio à meada.

Arabica disse...

Zé, porra!

estive mesmo para te dizer para veres as janelas!

isso aconteceu comigo, mas como me vejo a mim como despistada acima da média, não vejo nunca os outros capazes das mesmas cenas! :)

ze disse...

Ainda que os melhores fossem os que têm as melhores notas!

E quem são esses professores de hoje?
Foi a vocação de ensinar que os levou lá?
Foi capacidade?
Ou foi facilidade de um emprego outrora garantido a licenciados.
E quem ensina matemática no Liceu?
Gostava de matemática ou ficou na ultima posição da lista de entrada?
Tiraram todos “positiva” no Liceu?

Hoje sou eu que vou “poupar” alguns” cigarros.
Mas o assunto volta, Arábica.
Esse assunto, eu garanto que volta.

Arabica disse...

Boa tarde para ti também :)



Quanto a mim, é o frenesim das sociedades actuais que nos levam a este desajuste, à sensação de esquizofrenia, Zé.

Arabica disse...

Está na hora da culinária.


Poupemos os cigarros.


Hasta :)

ze disse...

Se estão em caixas de sapatos e sabes onde estão, está muito bem arrumado, porque se for preciso encontras.
Eu estou com dificuldades, porque ainda não re-arrumei as mudanças que fiz em 97; com sobreposição da que fiz em 2004 e da que fiz em 2006 e por ultimo a deste mês.
E tenho que o fazer tudo agora numa nova/velha casa que partilho com mais três pessoas que tmbém não deitam nada fora e de mais duas que já saíram mas deixaram cá tudo o que tinham.
Pouco espaço para mim e para o que preciso de fazer.

ze disse...

é um trabalho sem fim, mas tenho que o (tentar) fazer.

hasta

Arabica disse...

Cruzam-se caixas de sapatos e memórias, no rasto de vidas do espaço partilhado.


Um bom trabalho para quem anda em balanço de vida. Identificar, separar, renomear.

Do arquivo morto serão salvos pelo scanner, todas as quimeras e testemunhos de vida.

:)

ze disse...

amiga Arábica,

eu fujo desse trabalho a sete pés.

É prá amanhã.."

Já fins balanços de vida que cheguem e sobrem!
Quero é viver, já fui a essa escola!

mas obrigado à mesma pelo incentivo. :)

Arabica disse...

:-D


"a vida está lá fora"

ze disse...

lá fora, cá dentro, de um lado e do outro, por cima, por baixo e no meio.

cabe a nós,
ouvi-la, percebê-la, vê-la, cheirá-la, senti-la, intuí-la
e responder-lhe, impregnando-a de nós.

Pode ser assim, ou esqueci-me de algum sentido?

ze disse...

Pedido de ajuda:

Já consegui adicionar música ao blogue através do imeem e também através do myflashfetish.
Mas queria também adicionar uma música de uma amiga minha, que tenho gravada no pc.
Segundo os sites de ajuda é possível fazer uploads através do imeem, mas aquilo parece que fica parado. Numa das tentativas ficou para aí umas três horas a exportar, dando por isso um aspecto de bloqueado.
Como tal, segui as instruções da rosa e tentei o upload no FileDen.
Aparentemente com sucesso pois dá-me indicações de “URL”, “BB Code” e “HTLM Code”.
Ao tentar adiciona-la (add) à minha playlist do myflashfetish, responde-me sistematicamente para verificar a validade do URL.

No entanto, se eu seguir o link do URL, permite-me fazer o download para o Windows Medi Player do meu pc.
Será que permite porque já lá está e nem sequer saiu para a rede (net)?
Vou deixar aqui o link de forma a que alguém noutro pc (que não o meu) possa confirmar ou não que está acessível através da net.

http://www.fileden.com/files/2009/3/25/2378761/susana%20coelho%201.wma

Não sendo este um blogue de ajuda,
Alguém me pode ajudar?

rosa disse...

estou farta de me rir com os teus desatinos bloguisticos.

é muito chato ao principio, ate se atinar.

e mais chato eu me estar a rir.

vou tentar ver isso. e depois digo-te alguma coisa.

takirisi.

rosa disse...

Music URL (what's this?An MP3 URL is the Internet address of an MP3 file available in the World Wide Web (WWW).

Examples:
• http://www.myflashfetish.com/mp3s/demowork.mp3
• http://boxstr.com/files/35495_vhejp/ulove.mp3

How do I get the MP3 URLs?

1. Upload your songs for free at Fileden.com or Boxstr.com and they will give you the MP3 URL code.
2. Copy only the URL starting with 'http://' and ending with '.mp3'.
3. Paste the URL in the 'MP3 URL' textbox below.

Note: only the .mp3 or YouTube extensions works with our players.

You can also add URLs from YouTube.com

Examples:
• http://www.youtube.com/watch?v=G1G28NWjhL8
)


ok, eu nunca tinha experimentado com WMA, mas como podes ver eles só aceitam fich. com extensão MP3, ou entao youtubes.

tenta converter para mp3 ou entao ..... utiliza outro player.

o imeem, como já tinha dito, tem a desvantagem de não permitir uploads das tuas músicas.

it's a drag.

ze disse...

Obrigado rosa,

Estou a ver que a tua política com os pobrezinhos é dar-lhes micro- crédito para comprar canas de pesca.
Depois se o “negócio” do peixe não vingar que se dirija à secção da Segurança Social da sua residência.
Se não estiver registado ou se não tiver residência ou evidencie ainda outro qualquer sinal de exclusão, continua tudo bem, uma vez que não entra para a estatística.
Contanto claro que não exiba o seu ar andrajoso às nossas vistas.

Quando se riem de mim, só posso ficar contente, porque idealisticamente quero que toda a gente seja feliz e para que isso aconteça o riso e o humor têm que estar sempre presentes no quotidiano.
E como contagia, ainda me pode calhar a mim também. :--)
(tava na altura e pôr um smile para não ser mal entendido)

(se bem que os smiles são pouco credíveis com aquele retracto triste no canto superior direito)
(continua)

ze disse...

Agora o inglês,
Que não é seguramente a escolha mais segura de comunicar comigo para quem pretender minorar equívocos.

Verificando se entendi tudo bem :

- URL só pode ser um endereço do www, uma vez que começa por http://
O upload que fiz deve ter sido por isso concretizado, uma vez que através do FileDen há um url acessível, um endereço que aloja a musica que eu exportei.
No entanto, mantenho a minha duvida inicial, se esse url é válido, é real ou se tem algum erro que não permita ser acedido através de qualquer computador ligado à www.
O facto de do meu conseguir fazê-lo pode ser ilusório de que ele exista, pois ele de facto já existia à partida, no meu pc.

- Depois há a nuance da música estar ou não estar em formato mp3, que aparentemente é a hipótese que me queres indicar como razão do insucesso da tentativa de adicioná-la à minha playlist no myflashfetish.
Pois não deve estar, não senhor, deve estar nesse outro formato mais antiquado de extensão “wma”.
E como é que se converte de wma para mp3?
As alterações de extensão de ficheiros que já fiz, requerem um software que entre outras tem uma função que diz “save as” com uma janelinha que permite alterar o nome, outra que permite alterar a extensão e mais mariquices.
Qual é o software (que eu tenha no meu pc) que permite modificar a extensão de um ficheiro de música?
Saloio como sou a primeira tentativa que vou fazer vai ser encaixar na ficha usb do pc o meu leitor de mp3 e esperar que ele milagrosamente faça por si a conversão.
Se resultar, fico todo contente por não ter que aprender mais nada desta merda.
Se não resultar fico convencido que ainda sou mais burro e desabilitado do que anteriormente pensava ser.

:-(continua)

rosa disse...

eheheheheheh
zé, desculpa mas não posso evitar.

é do catano a net e as suas miudezas.

1º o my flahsfetish só permite mp3.

2º para converter há muitos programas tipo o mymonkey, alguns plugs do wmplayer, musicmatch juke boxe, ...outro que nao consigo dizer o nome mas tenho instalado lá em casa. podes fazer um search no google em convert wmp to mp3.

3. em cenas da net, há que ter muita paciencia e preserverança (nem sei bem como se escreve esta palavra carissima). talvez já tenha mais alguma experiancia que tu, mas deve-se a muitas horas de pesquisa e alguma ajuda de grandes entendidos. pq é uma coisa que senao tiveres curso, ou bases, tem que ser mesmo à "pesca". ainda ontem eram quase 11 e nao tinha jantado, pq estou numa luta desgraçada com o template do meu bloguinho querido. mas como diz a mui sábia Arábica, há vida lá fora, e pra mais a primavera este ano está do melhor.

4. mais ajuda, é só dizeres. ver se ainda te consigo dar mais umas caninhas prá pesca.

ze disse...

- Se o imeem não permite uploads porque é que tem uma coluna na home page com o nome de “upload”?
Além disso, logo na primeira procura de ajuda para saber “como se passa musica do pc para um blogue”, a resposta que o motor de busca me indicou, aconselhava precisamente o imeem porque fornecia as ferramentas necessárias tanto para upload como para play.
Mas por outro lado, eu não consegui, talvez e também por só admitir formatos mp3 logo na primeira fase (de upload).

O imeem tem a desvantagem daquela caixona única de 8x4cm, mas por outro lado parece-me que disponibiliza uma variedade menos exclusivamente anglo-saxonica que o myflashfetish , o que para mim é bom.
A minha pátria é a minha língua.

A propósito, o que quer dizer “it’s a drag”?

(continua)

rosa disse...

http://www.fileden.com/files/2007/1/24/686298/embed.txt


lê o embed.txt, pq q a #$$$T$@@£# do blogger nao me permite por linguagem htlm nos comentários.

rosa disse...

tens razão. já me tinha esquecido que dá pra fazer uploads, tenho umas boas dezenas de musicas que fiz upload. mas o player é tao grande e feiozinho que desisti há já muito tempo.

sao gostos e a memória a pregar partidas.

senilidades.

ze disse...

Segundo o meu dicionário de cabeceira
“DICCIONARIO INGLÊS-PORTUGUEZ”
24ª EDIÇÃO do Nº4 d’ “OS DICCIONARIOS DO POVO”,
PROPAGANDA DE NSTRUÇÃO
PARA PORTUGUEZES E BRAZILEIROS

Livraria Francisco Alves Rio de Janeiro
Livraria Bertrand Lisboa

Impresso na Imprensa Portugal-Brasil- Rua da Alegria, 30- Lisboa
(aqui Brasil já aparece com s)

Não descobri a data da edição, mas suponho que tenha sido herdado do meu avô materno (nascido em 1907), como de resto a maior parte dos livros que estão nesta casa.

“drag (to) – arrastar, puchar,..” ok, já sabia.
“drag – fateira. Rede de arrastar. Carro de mão. Travão de roda. Navio a reboque”

isto é o que queria dizer (lá pelos anos 20 ou 30) e agora de que forma é usado o hoje o “drag” como substantivo?
Nada acontece por acaso e eu estou convencido de que esta vitória consumada da língua inglesa sobre a francesa, (que foi durante séculos até ao desfecho da segunda guerra o esperanto usado pelas elites), se deve para além de outros factores ligados às estratégias usadas na gestão dos seus impérios, também à sua versatilidade e abertura à importação de estrangeirismos, especialmente do próprio francês.

Oxalá o português siga esse exemplo também.
Que não ceda à tentação do conservadorismo e da ilusão que gera a percepção deformada da vista de perto do seu próprio umbigo.

rosa disse...

zé, nao te desconcentres.

posts musicáis, uploads e afins.

players, embeds, converters...

hagátêmé-éles e etc.

"it's a drag"- é uma ganda chatice.

ze disse...

Rosa,
Fizeste-te entender; sim!

Já tenho caninhas de pesca que chegam e sobram.
Se forem mais depois não sei onde as pus, onde é que estão, quais é que uso e além disso enquanto pesco convém manter a ilusão de que a cana é só smi-automática.
Para conservar alguma auto-estima.

E vou deixar tudo guardadinho para usar no meu próximo acesso de teimosia persistente (persistência teimosa), que não vai ser já hoje.
Ainda tenho as feridas do ultimo insucesso por cicatrizar.
E é Primavera, ir á rua faz bem e se é verdade que os dias estão maiores que as noites, a soma das duas partes ainda são só vinte e quatro horas.
E eu sou daqueles que não leva o portátil nem para a praia, nem para o campo nem para a rua.
E já tenho muita coisa em que me ocupar dentro de portas (incluindo fazer um post com texto).

(E vê lá se segues para ti aquilo que dizes aos outros e te resignas um bocado lá com os teus templates)
Um bocado quer dizer deixar para o dia seguinte ou para depois e nunca deixar de comer ou de dormir às horas que o corpo precisa.
Não à obstinação!

:)
(se soubesse de outro smile mais especifico para sorriso de agradecimento, era o que teria teclado)

Arabica disse...

:) meus queridos Rosa e Zé :)

há vida lá fora e uma exposição óptima sobre o surrealismo(colecção da Funação Cupertino de Mirand) a decorrer (últimos dias) em Lisboa.


Quanto ao imeem, ontem à noite consegui fazer o upload de 4 músicas (da pen de um amigo para o mu disco rigido).

Entre a 1ª e a 2ª houve um espaç de tempo enorme em que me dava erro. Depois, o upload foi muito rápido.

Bom fim de semana para vocês com primaveras nos olhos e no pés :)

Beijos

ze disse...

Arábica,

Essa exposição como tantas outras já a posso considerar por perdida.
Como sabes vivo num meio mais limitado em termos de alguns tipos de oferta.
O que não quer dizer que quem viva em Lisboa, tire na maior parte dos casos partido dessa vantagem.

O ineem permite uploads, sim.
A principal desvantagem prende-se com o aspecto algo desproporcionado e grosseiro da caixa de play, ou lá como isso se chama.
A rosa terá deixado de o usar por essa razão.

Um bom fim de semana (lá fora) para ti
(por aqui lá fora, está uma ventania invulgar muito inconstante na intensidade e na direcção e sem exposições que mereçam pequenas deslocações, como aliás é costume)

Beijos,

Arabica disse...

Boa tarde, Zé.


Quanto à exposição:

1-tirei fotos de todas as obras (algumas não ficaram boas).
Não havia seguranças.

2-gostei imenso.

3-Poucas pessoas lá entraram durante o período que lá estive, talvez porque já lá tivessem ido, talvez porque não tivesse sido muito publicitada, talvez porque o horário coincida com o horário de trabalho.

4- Logo que tiver tempo, talvez hoje ao fim da tarde, vou -no mesmo post- acrescentando fotos.


Uma delas, vou dedicá- la a ti e ao teu perfil :)(mas sem palavras, terás tu que descobrir qual)

Arabica disse...

Massive Attack: gosto muito.

Arabica disse...

Vento: um dia ainda me hei-de convencer que os deuses me ouvem :)
Peço sol e o sol brilha, nomeio o vento e ele chega :)


-cena surrealista, não? ;)

Arabica disse...

Imeem: julgo que o Alien tem solução para o modelo. Quando aprender a lição, partilho contigo.


Hssta luego, que está na hora de me fazer ao vento :)

Arabica disse...

Partilho com vocês :)

ze disse...

Arábica,

Aposto já às cegas que acerto à primeira. :-)

Partilha, partilha que eu sou pobrezinho desses modelos htlm.
E tendo em conta que o Alien é da Académica (não do Académica, como ti disseste da ultima vez, Associação é feminino!) eu aceito a ajuda. :-)

ze disse...

Os humores do vento (ou da chuva) não têm nada a ver com deuses, pelo menos com os monoteístas.
Mas têm a ver com energia.
Quando e se vier a adquirir maior credibilidade eu explico-te porquê.

Mas hoje está um vento muito estranho aqui em Coimbra.
Nem nos Açores o senti assim.
Estou a ouvir coisas a cair, mas no segundo seguinte as bandeiras podem já estar caídas.
E a direcção não é a mesma mas também não é nenhum movimento circular.

De qualquer forma, se em Lisboa estiver outro vento parecido com este, será uma coincidência ainda menos provável do que a de ter falado do vento antes de ter visto o teu post.

ze disse...

E agradeço-te teres dividido o teu comentário em cinco partes, pois já jurei a mim próprio não deixar chegar as caixas aos três dígitos.
É pois um esticão no sentido de novo post.
Um empurrão ao movimento.

Aventura-te ao vento,
Ele está contigo

;)

Arabica disse...

Zé,

separar os comentários por assunto é uma forma muito eficaz de fazer comédia com a burocracia actual e regente!! :))

Arabica disse...

O vento está estranhissimo.


Não me caiu um vaso de flores em cima por sorte! Eu a passar e ele a cair..


Ainda bem que ele está comigo :)~

Olha se não estivesse;)


Já la estão algumas das fotos.


Amanhã há mais que agora estou às escuras :)

Diverte-te.

ze disse...

Arábica, não gozes comigo !?

Se gozaraes mto o proximo não passa ao lado e eu não intercedo por ti !´

Eu já dei uma vista dolhos!

Bom dia!!!

ze disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ze disse...

(o anterior comentário foi eliminado devido ao facto de ter ultrapassado o máximo de tráfego de erros ortográficos aceitável)

(no caso, por dessintonia entre pontas dos dedos e teclas)

assinado:

a gestão (de mim)

Arabica disse...

:)


Julgo que hoje já não vou conseguir editar o post -onde possivelmente entrará a tal foto que te dedico-, estou cansada, foi um dia longo e atarefado.

Gosto de os construir com u brilho nos olhos, ao som de uma nova música, a sentir a energia da criação.


Amanhã.


Beijos

ze disse...

Gere-te! (imperativo)

amanhã, depois ou quando fôr.
Se fôr.

Beijos

Anónimo disse...

dating year anger back friend invited involved tip woman groups [url=http://loveepicentre.com/]gayfetishpersonals[/url] squirt personals http://loveepicentre.com/ indian married singles

Anónimo disse...

tea leaves free reading [url=http://usadrugstoretoday.com/products/seroquel.htm]seroquel[/url] franklyn gem and mineral museum http://usadrugstoretoday.com/products/vasotec.htm cumberland womens health center http://usadrugstoretoday.com/products/grifulvin-v.htm
prenatal drug effects and eye vision problems [url=http://usadrugstoretoday.com/categories/blood-pressure.htm]blood pressure[/url] colorado dental health insurance [url=http://usadrugstoretoday.com/products/viagra-jelly.htm]discount omeprazole generic prilosec[/url]

Anónimo disse...

discount prilosec generic [url=http://usadrugstoretoday.com/categories/skin-care.htm]skin care[/url] angelina jolie diet pill addiction http://usadrugstoretoday.com/products/prevacid.htm muscle names latin http://usadrugstoretoday.com/products/pepcid.htm
how does bacteria cause food poisioning [url=http://usadrugstoretoday.com/products/ophthacare.htm]ophthacare[/url] blood of abraham niggaz kikes lyrics [url=http://usadrugstoretoday.com/products/xplode--stamina--energy-and-sex-enhancer-.htm]prepregnancy health[/url]

Anónimo disse...

main line health career opportunities [url=http://usadrugstoretoday.com/products/calcium-carbonate.htm]calcium carbonate[/url] depo provera depression http://usadrugstoretoday.com/products/plendil.htm the history of presciption drug abuse http://usadrugstoretoday.com/products/micardis.htm
examples of drugs [url=http://usadrugstoretoday.com/categories/gastrointestinales.htm]gastrointestinales[/url] reproductive health knoxville [url=http://usadrugstoretoday.com/products/zyban.htm]truth about smoking[/url]

Anónimo disse...

http://online-health.in/ashwagandha/ashwagandha-side-effects
[url=http://online-health.in/benazepril/amlodipine-benazepril]hawthorne pharmacy and winston salem[/url] map of strategic health authorities uk [url=http://online-health.in/augmentin/augmentin-457-mg]augmentin 457 mg[/url]
cialis cialis genuinerxnet viagra viagra http://online-health.in/bactrim/sings-of-bactrim-allergy
[url=http://online-health.in/aspirin]pros and cons of drug testing[/url] herb viagra [url=http://online-health.in/arrhythmias/borderline-cardiac-arrhythmias]borderline cardiac arrhythmias[/url]
lloyds pharmacy durrington http://online-health.in/avalide
[url=http://online-health.in/antibiotics/nuvaring-and-antibiotics]tupolo college of pharmacy[/url] melbourne internal medicine [url=http://online-health.in/augmentin/augmentin-dose-pediatric]augmentin dose pediatric[/url] drugs busts in indianapolis [url=http://online-health.in/biaxin/drug-interaction-advair-biaxin]drug interaction advair biaxin[/url]

Anónimo disse...

http://poow.in/soma/buy-cialis-levitra-low-online-pharmacy-price-soma-viagra
[url=http://poow.in/levlen/levlen-levlen]spray drying for drug delv systems[/url] immunosuppresive drugs [url=http://poow.in/risperidone/risperidone-perioperative]risperidone perioperative[/url]
drug interactions depakote and effexor http://poow.in/rhinitis/canine-rhinitis
[url=http://poow.in/risedronate]pharmacy recruiter kmart[/url] physical problems associated with erectile dysfunction [url=http://poow.in/kidney/small-antique-kidney-shape-sofa-table]small antique kidney shape sofa table[/url]
current issues in veterinary medicine http://poow.in/levonorgestrel/levonorgestrel-after-ovulation
[url=http://poow.in/risedronate/risedronate-generic]levitra without prescription[/url] how many americans die from drugs each year [url=http://poow.in/lasix/cataract-surgery-after-lasix]cataract surgery after lasix[/url] what does an internal medicine doctor treat [url=http://poow.in/risperdal]risperdal[/url]

Anónimo disse...

travel spots for beginners http://livetravel.in/airline/northwest-airline-blog world travel agency
[url=http://livetravel.in/cruises/lunch-and-dinner-cruises]ahi travel homepage[/url] train travel in the us [url=http://livetravel.in/expedia/catalonia-royal-tulum-expedia]catalonia royal tulum expedia[/url]
frequent travel equipment http://livetravel.in/lufthansa/boeing-vs-airbus
[url=http://livetravel.in/airport/ltl-freight-outbound-from-heartfeild-jackson-airport]vegas travel packages[/url] correspondence manager travel [url=http://livetravel.in/airline/delta-airline-arrivals]delta airline arrivals[/url]
how did people first travel from place to another http://livetravel.in/motel/walpolw-motel
[url=http://livetravel.in/airlines/airlines-san-diego]cooking travel tours amalfi[/url] air travel comfort tips [url=http://livetravel.in/vacation-packages/all-inclusive-las-vegas-vacation-package]all inclusive las vegas vacation package[/url] travel cube [url=http://livetravel.in/travel/dk-travel-prague]dk travel prague[/url]
best travel alarm [url=http://livetravel.in/plane-tickets/plane-tickets-from-libya-to-uk]plane tickets from libya to uk[/url]
notre dame duke travel packages http://livetravel.in/car-rental/car-rental-mustang-gt-return-at-different-location
[url=http://livetravel.in/lufthansa/boeing-phantom-works]kodak easyshare travel kit[/url] ignite 16oz stainless steel travel coffee mug [url=http://livetravel.in/inn/days-inn-superior]days inn superior[/url]
[url=http://livetravel.in/tourism/glastonbury-uk-tourism]glastonbury uk tourism[/url] cheap travel insurance america [url=http://livetravel.in/airport/airport-tower-audio]airport tower audio[/url] travel time mars [url=http://livetravel.in/tours/monmouthshire-tours]monmouthshire tours[/url]
travel scarbble [url=http://livetravel.in/car-rental/dollar-car-rental-in-london]dollar car rental in london[/url]

Anónimo disse...

cheap hotel in curacao travel guide http://wikitravel.in/airlines/american-airlines-events special travel
[url=http://wikitravel.in/cruise/montreal-dance-cruise]neck support travel pillow[/url] air travel safety for government [url=http://wikitravel.in/motel/mexico-motel-rates-new-ny]mexico motel rates new ny[/url]
air france travel agents http://wikitravel.in/cruise/best-alaskan-cruise-line
[url=http://wikitravel.in/motel/davenport-ia-best-motel-rates]saguenay travel guide[/url] air travel deals to dallas [url=http://wikitravel.in/map/political-map-of-japan-including-all-cities]political map of japan including all cities[/url]
travel of rainforest http://wikitravel.in/tourism/tourism-an-marketing marshfield travel [url=http://wikitravel.in/inn/fairfield-inn-virginia-beach]fairfield inn virginia beach[/url]

Anónimo disse...

designer cell phone lanyard http://topcitystyle.com/white-tunic-color4.html latex fashion [url=http://topcitystyle.com/brown-women-color12.html]womens born shoes[/url] smart home designer sample esume
http://topcitystyle.com/-leather-jacket-on-sale-category85.html discount designers handbags [url=http://topcitystyle.com/blumarine-on-sale-brand53.html]fashion institute of design[/url]

Anónimo disse...

ladies fashion china http://www.thefashionhouse.us/purple-brown-hoodies-color27.html calvin klein comforters [url=http://www.thefashionhouse.us/40-sandals-size27.html]classic boys shoes[/url] preteen fashion galleries
http://www.thefashionhouse.us/energie-messenger-bag-unisex-blue-item1296.html cheap clothes [url=http://www.thefashionhouse.us/replay-tunic-for-women-pink-item1832.html]webdesigners albuquerque[/url]

Anónimo disse...

frank cohen medical consultant [url=http://usadrugstoretoday.com/products/aleve.htm]aleve[/url] mineral diopside http://usadrugstoretoday.com/categories/miglioramento-femminile.htm
medical guide wire grinding machines [url=http://usadrugstoretoday.com/products/aricept.htm]aricept[/url] causes of a diabetic coma in a non diabetic [url=http://usadrugstoretoday.com/products/frozen--energy-and-libido-enhancer-.htm ]they all stared at his penis [/url] world health organization history of polio
what format your eyes at night when you are sleeping [url=http://usadrugstoretoday.com/discounts.htm]pharmacy discounts[/url] mens health and womens health and nutrition and weight loss http://usadrugstoretoday.com/products/lipitor.htm
diebetic weight loss diet [url=http://usadrugstoretoday.com/products/zyloprim.htm]zyloprim[/url] children sleeping disorder [url=http://usadrugstoretoday.com/products/maxaman.htm ]homeless cats health care [/url] accurate blood pressure

Anónimo disse...

sas shoes online http://luxefashion.us/women-page38.html rhone alpes fashion [url=http://luxefashion.us/prps-jeans-brand49.html]budget on a shoestring[/url] spring fashion
http://luxefashion.us/denim-blue-classic-denim-color7.html opinions for comfortable shoes [url=http://luxefashion.us/tracksuits-page2.html]bowling shoes[/url]

Anónimo disse...

california college medical transcription [url=http://usadrugstoretoday.com/products/glucotrol-xl.htm]glucotrol xl[/url] accurately measuring penis length http://usadrugstoretoday.com/categories/anti-fungus.htm
the chemistry of breast cancer [url=http://usadrugstoretoday.com/products/eulexin.htm]eulexin[/url] blood horse [url=http://usadrugstoretoday.com/catalogue/j.htm ]how to wear a heart rate monitor [/url] prescription drug sales scams
alkaline ionized mineral water [url=http://usadrugstoretoday.com/products/ayurslim.htm]ayurslim[/url] johnson city medical center hr http://usadrugstoretoday.com/products/eurax.htm
is peppermint tea a diuretic [url=http://usadrugstoretoday.com/products/chloroquine.htm]chloroquine[/url] regulation drug development article [url=http://usadrugstoretoday.com/categories/general-health.htm ]eli lilly3a evista project [/url] dictionary of generic vs brand name drugs

Anónimo disse...

designer fashion sketches http://www.thefashionhouse.us/men-pants-type1.html cheapbaby girl clothes [url=http://www.thefashionhouse.us/pink-white-color80.html]camo clothes[/url] seventh avenue fashion
http://www.thefashionhouse.us/gianfranco-ferre-shirts-brand23.html couture designer gown wedding [url=http://www.thefashionhouse.us/t-shirts-for-men-on-sale-category40.html]clothes pattern making[/url]

Anónimo disse...

buzz off clothes http://luxefashion.us/diesel-tops-shirts-with-colar-brand37.html alanah hill australian fashion designer [url=http://luxefashion.us/denim-blue-women-s-tops-color7.html]chaco shoes resole[/url] impo brand shoes
http://luxefashion.us/brown-beige-color183.html list of interior designers [url=http://luxefashion.us/m-dolce-amp-gabbana-size5.html]ralph lauren shower curtains[/url]

Anónimo disse...

travel returns http://xwl.in/cruises travel to canada compatible plug adapter
[url=http://xwl.in/airport/clear-airport-clearance]ukraine travel distnaces[/url] silver streak travel trailer history [url=http://xwl.in/car-rental/budget-car-rental-west-palm-beach]budget car rental west palm beach[/url]
places to travel in argentinca http://xwl.in/airport/airport-industry-standards
[url=http://xwl.in/inn/natick-hampton-inn-framingham]deep discount las vegas travel[/url] budget travel belize [url=http://xwl.in/car-rental/frequent-rental-car-program]frequent rental car program[/url]
new park model travel trailers for sale http://xwl.in/cruise sharptech spc303 lcd travel alarm clock with folding metal case [url=http://xwl.in/tourism/daegu-tourism]daegu tourism[/url]

Anónimo disse...

ninja flash movie [url=http://moviestrawberry.com/films/film_lovely_by_surprise/]lovely by surprise[/url] bermuda movie schedule http://moviestrawberry.com/films/film_arcade/ movie pelosi
horror movie critters [url=http://moviestrawberry.com/films/film_tru_calling/]tru calling[/url] why we fight movie reviews http://moviestrawberry.com/films/film_ae_fond_kiss_/ best movie cataloger
boogie nights movie info [url=http://moviestrawberry.com/films/film_contrary_condor/]contrary condor[/url] nyc movie theaters
i spit on your grave movie [url=http://moviestrawberry.com/films/film_brain_smasher_a_love_story/]brain smasher a love story[/url] watch requiem for a dream free full movie http://moviestrawberry.com/films/film_last_hour/ bootleg movie down loads from canada
movie theather ft walton beach [url=http://moviestrawberry.com/films/film_shred/]shred[/url] best war movie http://moviestrawberry.com/films/film_masters_of_horror/ taut va bien movie

Anónimo disse...

all the songs played in the 2006 movie believe in me [url=http://moviestrawberry.com/films/film_instinct/]instinct[/url] theme song for brokeback mountain movie http://moviestrawberry.com/films/film_whitechapel/ titus movie shirts
movie factory girl [url=http://moviestrawberry.com/films/film_predator/]predator[/url] flash superhero movie http://moviestrawberry.com/films/film_lange_flate_ballr_ii/ when the movie across the universe comes out in quakertown pa
download windos movie maker [url=http://moviestrawberry.com/films/film_arcade/]arcade[/url] smitharines movie
what does a movie producer do [url=http://moviestrawberry.com/films/film_il_casanova_di_federico_fellini/]il casanova di federico fellini[/url] macro environment of a movie house http://moviestrawberry.com/films/film_the_final_season/ onley movie theaters
jenna jamison movie clips [url=http://moviestrawberry.com/films/film_the_curse_of_the_jade_scorpion/]the curse of the jade scorpion[/url] island 16 movie theatre http://moviestrawberry.com/films/film_the_way_to_the_stars/ movie in terms of peer mediation

jokey disse...

http://www.sundrugstore.com/evista-c-122_136.html
buy evista

jokey disse...

http://www.sundrugstore.com/evista-c-122_136.html
cheap evista

jokey disse...

http://www.sundrugstore.com/eulexin-c-172_176.html
eulexin online